domingo, 27 de maio de 2012

Bainha Aberta X

Exercício 5
Bainha Aberta Serpentina


Para a Bainha tipo Serpentina o ponto base é o mesmo que até agora aprendemos – Bainha Simples.

Isso não significa que sempre será assim, pois as Bainhas Abertas muito se assemelham e se mesclam com outros estilos de bordados, como o Hardanger e o Reticello (Reticella).
E outras formas de dar base e formatar os grupos podem ser usadas.
Nesse caso aqui, a intenção é ensinar os pontos básicos pois com o tempo e com a pratica cada uma vai elaborando seus próprios desenhos.

Fixamos inicio e fim da barrinha arrematando bem as bordas e formamos a borda inferior juntando grupos de 4 fios cada e a largura da barra não deve passar de 8 fios tirados.

Ao final da carreira inferior passe o fio por baixo do arremate das bordas e reinicie o ponto, agora o diferencial é pegar 4 fios sendo 2 de um grupo e 2 de outro grupo, formando assim o desenho Serpentina.






Caso você tenha dificuldade de fazer a carreira de volta da direita para a esquerda, apenas vire o trabalho e prossiga na confecção dele como se estivesse na posição esquerda/direita.


Aqui vemos a barrinha completa de nosso exercício e um exemplo de sua aplicação como base para um desenho complementar.













"A arte é feita para perturbar; a ciência tranqüilizar." (Georges Braque)

Um comentário:

  1. amei ,estava pegando de 2em 2,mas ñ deu certo.agora conseguir,.obrigado

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e por participar com seu comentário, retornarei com uma resposta dentro do possível. Por favor deixe seu e-mail para futuro contato. Lúcia Machado