domingo, 17 de julho de 2011

Bainha Aberta

As amigas e amigos que carinhosamente acompanham minhas "artes" um fraterno abraço.
Retomo minhas lides nas artes manuais extamente pelas bainhas abertas. Tal como elas, simples mas nem por isso fáceis, assim me identifico, e como eterna questionadora, pesquisadora, garimpeira... e autodidata, aqui volto muitissimo encantada com esse bordado incrivelmente fascinante.

É claro que a primeira paixão nunca esquecemos, ... é o Patchwork! E ele não está esquecido não, mas por hora vou me dedicar a trazer a vocês o encanto do "openwork", através do trabalho magnifico que Thèrése de Dillmont deixou.

Pouco a pouco irei postando tudo que aprendi sobre Bainhas Abertas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e por participar com seu comentário, retornarei com uma resposta dentro do possível. Por favor deixe seu e-mail para futuro contato. Lúcia Machado